Lu-48WEB-min

15 tipos de vídeo marketing para negócios

Conheça 15 tipos de vídeo marketing para negócios que deveria considerar para sua marca.

Se há alguns anos atrás vídeo marketing parecia ser uma grande novidade para implementar na estratégia de marketing de um negócio, atualmente é obrigatório para todas as marcas que querem prender a atenção de sua audiência e ter uma voz relevante.

Portanto, precisamos sim falar cada vez mais sobre vídeo marketing!

E foi pensando nisso que criei esta lista onde separo em categorias os diferentes tipos de conteúdos em vídeo, descrevendo onde eles se encaixam no ciclo de compra dos teus clientes.

Mas com tantas possibilidades de conteúdo, e muita informação errada espalhada pela internet, alguns equívocos podem acabar por ocorrer. Vamos, então, começar definindo aquilo que não é video marketing.

O QUE NÃO É VÍDEO MARKETING

1-  ‘Youtube,’ ‘Instagram’, ‘TikTok’ e ‘Televisão’ não são tipos de vídeos de marketing.

Todos esses são diferentes plataformas de entrega, onde você pode assistir a um vídeo de marketing. Apesar de  cada plataforma exigir características únicas para os vídeos lá reproduzidos (duração, formato, linguagem), em geral qualquer tipo de vídeo de negócios pode ser exibido em qualquer um desses canais de entrega.

Aqui também vale pontuar que se, antigamente, as redes de televisão eram referência em termos de alcance de audiência para qualquer tipo de publicidade, nos dias de hoje isso tem mudado cada vez mais com as redes sociais tomando o lugar de destaque.

2- “mobile” não é um tipo de vídeo

Este termo refere-se a interface na qual o vídeo foi inserido (neste caso, um aparelho que pode ser utilizado em mobilidade como o smartphone ou tablet).

Os períodos de atenção são mais curtos em dispositivos móveis e as telas são menores, mas o conteúdo do vídeo de marketing deve ser determinado pelos interesses e necessidades da audiência, e não pelo dispositivo em que ela irá ou não consumir. O tipo de vídeo que qualquer pessoa assiste não é um “vídeo para mobile” – é uma promoção com segmentações.

3 – “Viral” não é um tipo de vídeo.

‘Viral’ é sinônimo de popularidade. E como eu sempre digo as minhas clientes, é algo que não se pode ser vendido. Por mais que muitos digam ter descoberto a “fórmula para o conteúdo viralizar”, aos meus olhos isto é pura enganação. Sim, um vídeo bem produzido, com estratégia de audiência e bom conteúdo sempre terá mais chances de ser compartilhado. Mas para tornar-se viral realmente é necessário estar no lugar certo, na hora certa e contar com uma boa pitada de “sorte”, e isto ninguém pode prometer.

4 – “Marketing de conteúdo” não é um tipo de vídeo.

Falar de marketing de conteúdo é falar que um material de comunicação (seja ele foto, vídeo, ou texto) não é focado na divulgação direta da marca, ou numa promoção de vendas. O seu objetivo principal é fornecer informações – conteúdos – valiosas para a audiência.

Ok, agora que tiramos esses enganos comuns da frente, vamos ao que realmente interessa! Aqui estão 15 tipos diferentes de Vídeo Marketing que podes usar no teu negócio para aumentar o engajamento! 

 

VIDEO MARKETING SEM FOCO NA MARCA

Desculpa se estou ferindo o seu ego, mas ninguém mais aguenta ouvir-te falar da sua própria marca. Atualmente a melhor forma para conseguires para as marcas alcançarem seu público de forma significativa é focando nos seus clientes. E eles não estão preocupados com você ou sua empresa e, sim , o que podes fazer para ajudar a resolver seus problemas e agregar valor a suas vidas.

Isso significa entreter, inspirar e informar o teu público. É claro que o tema do vídeo deve estar relacionado com o universo da marca, mas o aqui não é o momento para falar sobre os teus produtos ou serviços.

A ênfase está em oferecer algo de valor real para o espectador, sem esperar nada em troca. Mas calma bom samaritano, a tua recompensa virá e o nome dela é “engajamento”!

Aqui estão três tipos de vídeos sem foco na marca:

1. Vídeos informativos

Qualquer vídeo cujo objetivo principal seja transmitir conhecimento ou informações valiosas. Tutoriais, novidades, e até mesmo recomendações de coisas que estão inseridas no seu nicho são alguns exemplos.

2. Mini Documentários

Já pensou em fazer um documentário sobre a origem de um material que usas na como matéria prima do teu produto? Este é um exemplo clássico de vídeo “mini documentário” que muitas marcas têm introduzido em sua estratégia de video marketing.

3. Entretenimento

A primeira razão para qualquer pessoa estar na internet, e principalmente nas redes sociais, é se divertir! Se conseguires produzir um material que entretenha a tua audiência inserindo a tua marca de forma sutil, vais colher bons frutos de certeza. A maior prova disto são os infinitos vídeos de receitas que fazem sucesso com todas as marcas de comida.
Este video da DOVE é um excelente exemplo pois entretem, reforça os valores da marca e em nenhum momento vende produto. Foi feito em parceria com o @_Selfesteemteam

PUBLICIDADE E ANÚNCIO

Esta categoria de vídeo inclui as formas tradicionais de promoção: chamar a atenção para seu produto ou serviço, com ofertas, e levar o seu cliente ao funil de vendas.

4. Promocional

As promoções de produtos são o tipo mais comum de vídeo de marketing. Aqui tens duas opções principais: agarrar o olhar da tua audiência com imagens chamativas, bem produzidas, e que trazem desejo de consumo do produto. Ou apostar num forte roteiro, que foque na dor do teu cliente e solução que entregas.

Veja esse vídeo promocional que criamos para a Cerveja Trevo.

5. Reviews de produtos

Os vídeos de reviews ficaram tão famosos que atualmente tem seu próprio gênero.

Neles, uma pessoa analisa profundamente os recursos, benefícios e experiência para aqueles que estão considerando a compra do produto. Uma estratégia muito comum aqui é recorrer a uma influencer digital do nicho para realizar a review. ele irá filmar toda a experiência e dividir suas impressões com sua própria audiência, influenciando diretamente na decisão de compra.

6. Vídeo marketing para lançamento

Vídeos de lançamento decorrem em torno de um evento principal, que pode ser o lançamento de um produto físico ou digital.  Eles geram antecipação, leads e finalmente definem uma nova categoria de produto.

7. Venda ao vivo

Este tipo de venda é o novo fenômeno do marketing, sendo conhecido como shopstreaming. Ele já era popular em países asiáticos e acabou por ganhar muita força por decorrência dos confinamentos e boom do e-commerce no último ano de 2020. Basicamente, aqui fazes uma apresentação ao vivo dos produtos que podem ser comprados na tua loja online.

08. Campanhas de vídeo geradas pelo usuário

Que tal incentivar os teus clientes a criarem um vídeo com a tua marca inserida e partilhar utilizando uma hashtag específica, por exemplo? Muitas marcas gostaram da ideia e criam campanhas para que seus clientes e fãs façam vídeos sobre os seus produtos.

 

VÍDEO MARKETING COM VÍDEOS DE CLIENTES

Capturar a voz de seu cliente é um importante recurso para aumentar a confiança e posicionamento da sua marca. Afinal, nada melhor do que o relato da experiência de outra pessoa, como prova social do sucesso da sua empresa.

09. Depoimentos de clientes

Seja numa produção profissional contratada por ti ou um simples vídeo feito com a selfie de um smartphone, ouvir um de seus clientes explicando como seu produto ou serviço resolveu seus problemas é um dos conteúdos mais valiosos que podes partilhar. Aqui o que mais conta não é a qualidade propriamente dita da imagem, e sim o discurso genuíno do teu cliente. Por isso, acho que é daqueles casos que, no quesito produção, “menos é mais”!

10. História de sucesso do cliente

Lembram-se dos vídeos mini documentários? Aqui o conceito é o mesmo, mas o assunto principal é o teu cliente e a jornada dele dentro da tua empresa. Marcas como Dove, Natura e Nike são verdadeiras mestres neste tipo de conteúdo, com vídeos emocionantes!

Veja como contamos a história desta cliente linda 😀 da Dora Rebelo – Consultora de imagem

VÍDEO MARKETING CORPORATIVOS

Como o nome sugere, esse tipo de vídeo de marketing tem como foco o negócio.

Mas não somente os produtos ou serviços,  aqui os vídeos de podem enfatizar a visão geral da empresa, seus valores e missão. Apesar de acreditar que estes tipos de vídeo têm um propósito, e um lugar na comunicação de uma marca, admito que não os considero os mais essenciais, à medida que, cada vez mais, olhar para fora, e não para dentro, é o melhor caminho a seguir.

11. Vídeo marketing para apresentação da marca

O famoso “vídeo corporativo” que têm seu lugar garantido há muitos anos no mercado. Esse tipo de vídeo geralmente começa num tom sutil, com imagens emotivas e uma trilha sonora crescente. Admite, já assistiu um do gênero e pensou “que brega”.

Embora esses vídeos ainda tenham um lugar no marketing, esse lugar está ficando muito menor. Falar sobre você simplesmente não tem o mesmo impacto que um dia já teve. E se é para fazer um vídeo para elevar o status da tua empresa aos olhos do cliente, então o melhor é ser criativo na mensagem, porque vídeos já não são um “artigo de luxo”.

Este vídeo marketing foi criado para apresentar o Bendito Café. Da até para sentir o cheirinho do café!

12. Vlogs da empresa

Vamos combinar que há dois tipos de vloggers: 1. Vloggers profissionais que têm estilos envolventes, conteúdo rico e uma lista de seguidores que não para de crescer  e 2. Outros vloggers que escolheram, apenas pela conveniência de terem um smartphone ou câmera, falar sobre eles mesmos em vídeo por preguiça de escrever.

Se tens uma personalidade envolvente o suficiente para se encaixar na primeira categoria, então apostar em fazer vlogs pode gerar grande conexão e impulsionar o seu negócio.

Caso contrário, pode não ser a melhor opção.

13. Vídeo dos bastidores

Já aqui está um tipo de vídeo que QUALQUER UM pode e deve fazer! Todos somos curiosos e queremos saber o que está por trás das marcas que amamos. Seus processos criativos, industriais, e rotinas imperfeitas são tudo o que precisamos ver para nos conectarmos e termos a certeza de que aquele negócio conta com pessoas e valores que apoiamos. É sobre humanização da marca e autenticidade é essencial aqui!

14. Eventos

Os teus clientes querem fazer parte dos momentos importantes para a tua empresa! Se tens uma festa, premiação, ou data importante porque não fazer um vídeo para marcar este momento?

15. FAQ também é vídeo marketing

Todo produto ou serviço tem perguntas que os clientes vão repetindo, ou  provavelmente farão em algum momento de sua jornada de compra. Por que não ajudá-los neste processo? Uma dica: mostre mais e diga menos.

Ufa! Foi mesmo uma lista grande! Mas espero ter oferecido algumas ideias de conteúdos para que possas começar a desenvolver a estratégia de video marketing da sua marca.

Se tiver qualquer dúvida envie-nos uma mensagem!

Lu Soares vídeo marketing

Partilhe este post

Share on facebook
Share on linkedin
Share on pinterest